Coletores de Likes

Entrando nos comentários de uma notícia, encontrei duas iterações, de pessoas diferentes, com o MESMO texto apelativo. Só que não eram perfis, eram PÁGINAS!

Coletores de LikesEntrando nos comentários de uma notícia, encontrei duas iterações, de pessoas diferentes, com o MESMO texto apelativo. Só que não eram perfis, eram PÁGINAS! Uma página comentando fora de sua página? Até então eu já tinha visto esse MESMO texto em outros comentários, mas apenas ignorei. Não tenho dúvida que se trata de mais um “coletor de curtidas” para páginas.

Cheguei a pensar que esses comentários suspeitos pudessem ser gerados por programas intrusos (Malwares) que vasculham a rede em busca de publicações com maior número de comentários e injetam ali essa e outras frases, como se partisse de uma pessoa. Mas não duvido que seja o próprio Facebook que esteja fazendo isso.

Não é novidade que o Facebook não permite que todos os que “curtem/seguem” uma determinada página acompanhem de fato as atualizações da mesma, induzindo assim os criadores desavisados a pagar por “Impulsionar” suas publicações. É um absurdo. Alguém que espontaneamente decidiu seguir uma página, só verá as postagens da mesma na sua linha do tempo SE o dono daquela página contribuir para encher o cofre do Mark.

Ao pagar pelo “Impulsionamento” das publicações, é como se o criador da página estivesse dizendo: “Estou pagando para que aquela pessoa que já gostou da minha página consiga ver o que estou publicando”. O Facebook garante um número X de novas “curtidas”. Mas, uma “curtida” não é algo espontâneo? COMO então alguém pode garantir que X novas pessoas decidirão acompanhar um conteúdo específico? Eu mesmo já averiguei que a maior parte dos novos “curtidores” de uma página não existem! O próprio Facebook deve criar e manter perfis falsos garantir a farsa.

Agora, você já deve ter visto na sua linha do tempo uma página aparecendo uma página como “Publicação sugerida”, e abaixo do nome da página escrito bem discretamente “Patrocinado”. Isso sim permite “curtidas” verdadeiras. Aparece para mim também e eu “curto” se eu quiser. Isso sim é resultado verídico de marketing, não algo fabricado.

Deixe uma resposta