Criação ou Coincidência?

Você acredita mesmo que você é produto do acaso ou o resultado de uma aleatória mistura química bacteriana? Você acredita mesmo que a inteligência e a complexidade de tudo que você vê e toca não foi perfeitamente elaborado por um Projetista? Porque você reluta em ouvir a própria criação, aceitando as seguintes palavras: “No princípio criou Deus os céus e a Terra” (Gênesis 1:1)? Negar a existência e a criação de Deus é negar o óbvio. Como muitos dizem, “o pior cego é aquele que não quer enxergar”.

“Pergunta agora às alimárias, e cada uma delas te ensinará; e às aves dos céus, e elas te farão saber; Ou fala com a terra, e ela te ensinará; até os peixes do mar te contarão. Quem não entende, por todas estas coisas, que a mão do SENHOR fez isto?” (Jó 12:7-9)

Normalmente não aprecio apresentações  feitas e enviadas em massa por e-mail. Mas achei esta apresentação muito bem feita, enviada para mim por Rafael Paiva, um irmão. Trata-se de comparações muito bem elaboradas entre aquilo que o mundo afirma ser criação ou uma coincidência biológica.

Você acredita mesmo que você é produto do acaso ou o resultado de uma aleatória mistura química bacteriana? Você acredita mesmo que a inteligência e a complexidade de tudo que você vê e toca não foi perfeitamente elaborado por um Projetista? Porque você reluta em ouvir a própria criação? Porque não aceita as seguintes palavras: “No princípio criou Deus os céus e a Terra” (Gênesis 1:1)?

Negar a existência e a criação de Deus é negar o óbvio. Como muitos dizem, “o pior cego é aquele que não quer enxergar”.

OS céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos (Salmo 19:1)

Clique AQUI para baixar a apresentação.

Este mesmo Deus Criador nos criou para a Sua glória. Mas o homem caiu em transgressão, morrendo espiritualmente. Mas Deus fez uma grande obra, a maior de todas já conhecida, para trazer salvação aos homens!

Conheça o site www.fielpalavra.com e medite nas mensagens lá publicadas. Ouça acerca do grande amor de Deus pela humanidade que criou.

Deixe uma resposta